Postado em 17 fevereiro 2017

Desde o começo da série sobre endomarketing, enfatizamos a importância da comunicação interna. Os colaboradores precisam estar a par do que está acontecendo na empresa, além de serem constantemente motivados durante as ações. E essa comunicação deve ser de mão dupla – é preciso escutar os funcionários, entender suas dúvidas e solicitações. Ou seja, são vários pontos que precisam de atenção para que o marketing interno seja efetivo. E qual a melhor ferramenta para suprir essa necessidade? Separamos algumas opções:

  • tvTV Corporativa: Veio para substituir o jornal mural e tornar a comunicação mais dinâmica, pois transmite desde a previsão do tempo até avisos para os funcionários simultaneamente, em vários pontos da empresa. A TV Corporativa é um dos principais meios para difundir campanhas internas, além de divulgar festas, reconhecer e anunciar funcionários, promover interações por meio de quizzes, transmitir vídeos motivacionais, divulgar os aniversariantes da semana, entre outras informações relevantes para a comunicação interna.
  • Intranet: A intranet é um sistema já conhecido e frequentemente utilizado, mas raramente de forma colaborativa,intranet permitindo que os funcionários se comuniquem por ela. O mais comum é que sirva como um centralizador de conteúdos, onde a chefia irá divulgar notícias e armazenar formulários e informações relevantes. O que poucas sabem é que ela pode oferecer espaço para comentários, enquetes, fóruns e outros recursos aos colaboradores. Basta explorar um pouco mais para ela se adequar perfeitamente às necessidades do marketing interno.
  • appAplicativos: É certo que as pessoas não vivem sem smartphones. Estar conectado o dia todo é fundamental. Então que tal aproveitar essa facilidade para garantir uma comunicação interna mais efetiva? Em um aplicativo corporativo, cada colaborador possui seu acesso e pode participar de grupos gerais ou divididos por equipe, compartilhar imagens, arquivos e mensagens, receber notícias da empresa, conferir agenda de eventos, participar de campanhas, receber notificações, se inscrever em atividades internas, dentre muitas outras funcionalidades. Um aplicativo também facilita para que os colaboradores tenham mais voz e compartilhem conteúdo entre si, duas características fundamentais do marketing interno. E tudo na palma da mão.
  • Rede social corporativa: As redes sociais corporativas permitem que todos os usuários compartilhem conteúdo, interagindo entre si por redesmeio de chats, grupos ou perfis, moderados pelos implementadores de ações para alinhamento e engajamento com a empresa. Ela oferece todas as funcionalidades da intranet, mas com serviços extras bem relevantes. O diferencial é a capacidade de promoção do diálogo, contribuindo para uma maior fluidez na comunicação corporativa. Especialmente para os setores de recursos humanos e marketing, as redes sociais corporativas são boas ferramentas porque, com elas, as ações de reconhecimento, enquetes, promoções, comunicados e divulgações chegam ao público de maneira mais interessante e atrativa. Além de permitir o monitoramento de campanhas.
  • videosVídeos: os vídeos são uma das formas mais práticas de comunicar dentro de uma empresa. Seu alcance é sempre maior do que de uma imagem ou texto, especialmente por unir o melhor de ambos. Ele prende mais a atenção e podem ser divertidos e leves, ao mesmo tempo em que passam a mensagem com efetividade. E o melhor: o vídeo pode ser compartilhado por diferentes meios. Seja na TV Corporativa, pela intranet, por redes sociais e até pelo aplicativo da empresa, o vídeo pode ter um alcance bem grande.
  • E-mail marketing: por incrível que pareça, em meio a tantas formas de comunicar, o e-mail ainda é muito efetivo. emailCom ele é possível enviar mensagens que atinjam todo o público de uma só vez, ou somente um grupo de pessoas. É possível separar o público interno em listas de acordo com as áreas da empresa e criar campanhas de comunicação eficazes para cada uma delas. Muitos debates promissores acontecem via e-mail, pois é uma ferramenta que dá voz a todos. Além disso, o custo é baixo e também é possível mensurar o alcance e engajamento das ações.

Como podemos observar, são várias opções, desde as mais simples até as tecnológicas. A escolha depende do alcance pretendido para a campanha, e a quantidade de tempo e dinheiro que podem ser investidos. De qualquer forma, também é possível conciliar mais de um meio, ampliando a efetividade da comunicação. O mais importante é entender que dentro do ambiente digital, o público interno tem uma maior possibilidade de integrar entre si e com a empresa, que é um dos principais objetivos do endomarketing. Sendo assim, e quando feito com dedicação, o investimento é válido e o retorno é praticamente garantido.